7.7.08

só.

ultimamente eu ando só.tenho pensado que quanto mais o tempo passa mais só eu fico. nos meus quinze anos só andava de bando e tinha amigos pra fazer baladas manhã tarde e noite. sempre tive poucos daqueles de chorar no colo ou jogar uma verdade(que precisa ser dita,ou ouvida)na cara. poucos mas bons. mas estes hoje estão longe, cada um vivendo a sua. tenho desses por perto, mas tão perto tão longe. cada um vive na sua. ultimamente passo semanas sozinha. e acho bom. sinto falta, confesso, de um colo um porre uma palavra um cheiro. e tem meu gato e minha cria, que também são meus amigos, um tipo diferente que descobri pelo caminho. e descobri também que eu ando sozinha. eu ando. e vivo na minha. não para se sozinha. eu descobri. e descobri que ainda vou descobrir muita coisa. sozinha.

Um comentário:

Patrícia Del Rey disse...

Ser só não é ser solitária.
Ser só é só ser! =]