29.8.08

Mas nem sempre é assim.Existem os tipo felizes de verdade. Felizes para sempre. As que cuidam de filhos de 30 anos, arrumam as malas do marido, lavam as cuecas, fazem almoço, arrumam a casa, conversam com a vizinha e no final do dia dão beijinhos de boa noite no filhinho, uma rápidinha com o marido e antes de dormir dão pulinhos de alegria.
Foi ótimo, mas agora eu preciso gritar!

2 comentários:

Persona disse...

hahahahahahahahahahahhahahahahahahahhahahahahahah
preciso gritar: aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Patrícia Del Rey disse...

Postaram meu comentário...rs

Sim, gritaremos juntas em breve em alguma caixa preta perdida no concreto...rs

beijo