25.9.08

Hoje era aniversário do meu pai.o primeiro ano que não é, era.Hoje ele faria questão de não ter bolo, mas algumas garrafas de um bom vinho que ele comprara por uma pechincha.Um cigarrinho do bom, e um copo de uísque no meio da noite.Com certeza ele tocaria uma bossa em seu violão vermelho e cantariamos todos, bêbados e felizes.

Nenhum comentário: